domingo, 17 de maio de 2009

Amem...

“não temam o pecado, amem o homem mesmo no pecado, é isso a imagem do amor divino, um amor como não há maior na terra. Amem toda a criação no seu conjunto e nos seus elementos, cada folha, cada raio de luz, os animais, as plantas. Amando cada coisa, compreenderão o mistério divino nas coisas. Tendo-o compreendido uma vez, vocês o conhecerão sempre mais, a cada dia. E acabarão por amar o mundo inteiro com um amor universal... o amor é mestre, mas é preciso saber adquiri-lo, porque se adquire dificilmente, ao preço de um esforço prolongado; é preciso amar de fato, não por um instante, mas até o fim. Qualquer um, até mesmo um celerado, é capaz de um amor fortuito.”

Fiódor Dostoievski

Definição de Poesia


Um risco maduro de assobio.
O trincar do gelo comprimido.
A noite, a folha sob o granizo.
Rouxinóis num dueto-desafio.

Um doce ervilhal abandonado
A dor do universo numa fava.
Fígaro: das estantes e flautas —
Geada no canteiro, tombado.

Tudo o que para a noite releva
Nas funduras da casa de banho,
Trazer para o jardim uma estrela
Nas palmas úmidas, tiritando.

Mormaço: como pranchas na água,
Mais raso. Céu de bétulas, turvo.
Se dirá que as estrelas gargalham,
E no entanto o universo está surdo.

BORIS PASTERNAK

A FORÇA DA PALAVRA

A palavra tem uma força descomunal...
contém uma energia, sobrenatural...
Tanto agride e desconcerta
quanto consola na hora certa...
Mal usada desencaminha e destrói
Bem aplicada, orienta e reconstrói...
precipitada, magoa e ofende
refletida, é escudo que defende...
Pode muito mais do que se imagina,
Deprime, mas acaba com a rotina;
Desfaz crenças e desperta a Fé;
Desencaminha e também orienta;
Liberta, aprisiona, apascenta...
Propala engodo, mostra verdade...
Expressa ódio, indiferença, calor
Liberando a energia nela contida
podemos modificar nossa vida,
externando positivamente
de forma clara e consistente
que queremos, podemos e devemos
Viver em Paz e com Amor!
Crendo, realizar-se-á,
Pela força que na Palavra há!

(Lauro Kisielewicz)

terça-feira, 12 de maio de 2009

O amor da minha vida...

O amor da minha vida eu encontrei, tem nome, é de carne e osso, e me ama também. Agora falta encontrar alguém com quem possa me relacionar. É que o homem da minha vida não cabe em mim e eu não caibo nele. Não basta que a gente se queira há muitos anos. Não basta nossos namoros longos, os rompimentos e a teimosia de desejar mais daquilo que não há de ser. Não presta que ele me visite pra acabar com as saudades e fuja correndo de pernas bambas e um bumbo no peito. Não importa que eu esqueça meu nome depois, nem que me perca num oco, ou que os sentimentos corram de ambos os lados, intensos e desarvorados. Não basta que haja amor para se viver um amor. Eu e ele somos as cruzadas da idade média, o Osama e o Tio Sam, o preto e o branco da apartheid, o falcão e o lobo, o Feitiço de Áquila. Seus mistérios me perturbam e minha clareza o ofusca. Tenho fascínio pelo plutão que ele habita, e ele vive intrigado por minha vênus, mas quando eu falo vem, ele entende vai. Enquanto ele avista o mar eu olho pra montanha. Quando um se sente em paz o outro quer a guerra. É preciso me traduzir a cada centímetro do caminho enquanto ele explica que eu também não entendi nada. Discordamos sobre o tempo, o tamanho das ondas, a cor da cadeira. O desacerto é de lascar, e não há cama que resista a tantas reconciliações - um dia a cama cai.

Maitê Proença

quarta-feira, 6 de maio de 2009

MÃE




Mãe...São três letras apenas
As desse nome bendito:
Também o céu tem três letras
E nelas cabe o infinito


Para louvar a nossa mãe,
Todo bem que se disser
Nunca há de ser tão grande
Como o bem que ela nos quer


Palavra tão pequenina,
Bem sabem os lábios meus
Que és do tamanho do CÉU
E apenas menor que Deus!

(Mário Quintana)

sexta-feira, 1 de maio de 2009

DIA DO TRABALHO


DIA DO TRABALHO

Hoje é feriado nacional, não só no Brasil como em vários países.
No dia primeiro de maio comemora-se o dia do trabalho e
neste dia muitas festas, passeatas e reivindicações acontecem
em várias partes do mundo.
Foi em 1° de maio de 1 886, que em Chicago, nos Estados Unidos, milhares de trabalhadores foram às ruas, reivindicar melhores condições de trabalho, como por exemplo, a redução de trabalho de 13 para oito horas diárias, ocorrendo neste mesmo dia uma greve geral dos trabalhadores.
Dois dias após, um conflito entre policiais e trabalhadores, provocou a morte de alguns manifestantes, gerando revolta nos trabalhadores, o que provocou novos conflitos.
Em 4 de maio, alguns manifestantes atiraram uma bomba contra os policiais, que revidaram ao ataque, resultando na morte de doze protestantes e dezenas de pessoas feridas. A Segunda Internacional Socialista, ocorrida na capital francesa em 20 de junho de 1889, criou o Dia Mundial do Trabalho, que seria comemorado em 1º de maio de cada ano, em homenagem aos que morreram nestes conflitos. No Brasil existem relatos de que a data é comemorada desde 1895, mas, somente em setembro de 1925 tornou-se oficial, com um decreto do então presidente Artur Bernardes.

Fatos importantes relacionados ao 1º de maio no Brasil:

- 1º de maio de 1940: Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo, o qual deveria suprir as necessidades básicas de uma família (moradia, alimentação, saúde, vestuário, educaçãoe lazer)

-1º de maio de 1941: Foi criada a Justiça do Trabalho, com o intuito de resolver questões judiciais relacionadas especificamente as relações de trabalho e aos direitos dos trabalhadores.

Fontes:
(Texto redigido com base em dados pesquisados no site: http://www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_do_trabalho.htm
Imagem:
http://2.bp.blogspot.com/_hxCENfjvqa0/SE1cwJkKtmI/AAAAAAAAAXg/kLMWHxpajiQ/s400/10951_dia%2520do%2520trabalho.jpg